ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e eventos do seu estado

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Empreendedorismo
Sarise Figueiroa passou de vendedora a proprietária da Nuit
Marca de semijoias ampliou o negócio depois de expor seus mais de 100 produtos para vendas pelo Instagram

Peças inovadoras, pensadas exclusivamente para os gostos de cada um dos clientes, buscando sempre a tendência das estações. Assim são os brincos, colares, pulseiras, anéis e piercings da Nuit Semi Joias, comandada pela empresária Sarise Figueiroa. As peças são criadas no próprio ateliê da empresa. Natural de Caruaru, o negócio habita, principalmente, nas redes sociais, mas acaba de inaugurar à primeira loja física no Recife, para expor os seus mais de 100 modelos. 

A proprietária da Nuit, Sarise Figueiroa, junto com o seu esposo, Elias Sales, assumiram a gestão do negócio há três anos, porém, a marca existe há seis. A partir dessas mudanças, o design das peças passaram a ser mais diferenciados, com a proposta de sempre inovar. A Nuit se lançou nas redes sociais e foi quando percebeu um aumento muito grande nas vendas. Dessa forma, o comércio passou de vendas locais para nacionais. Explorando o seu bom relacionamento com os clientes, a Nuit passou a vender pelo Instagram e pelo Whats App, meios pelos quais aconteceu o boom da empresa. Esse crescimento é visto com entusiasmo e irreverência por Sarise. “Esses meios foram extremante fundamentais para o nosso crescimento. Com inúmeras ferramentas que temos a nosso favor, hoje ficou bem mais fácil e mais divertido a maneira de vender”, destacou. 

Vendedora, caixa, estoquista, gerente, todas funções foram exercidas, com muito orgulho, por Sarise. Antes de assumir a Nuit, ela trabalhou como vendedora durante um ano, período em que a loja fechou e a marca foi vendida à ela. Nesse período à frente do negócio, Sarise e o marido saiam com uma maleta para vender de porta em porta às clientes e também pelo Instagram; mas, hoje, eles estão com duas lojas físicas. 

Acreditar na força da mulher, se impor e manter-se forte, assim pensa Sarise sobre as Mulheres Empreendedoras. “Infelizmente, a desigualdade ainda está bem viva na nossa sociedade e no comércio. Mas, aos poucos, a nossa voz ativa de mulher empreendedora está vencendo. A cada dia ganhamos mais força e provamos o quanto estamos aptas para atuar no mercado como grandes empreendedoras”, concluiu.

Foi com estudo e se aperfeiçoando na área das plataformas digitais que os resultados passaram a ser cada vez mais positivos. “A linguagem, modo de escrita, forma de postagem, tudo isso ajudou muito na maneira de expor e vender por meio das redes sociais”, acrescentou a proprietária. Ela lembra também que a experiência da marca com as redes sociais sempre foram positivas e o engajamento tanto deles quanto dos clientes contribui para isso.

Sobre esse sucesso nas redes sociais, Sarise falou sobre os seguidores, os quais conseguem reverter em compradores de fato. “Buscamos oferecer sempre um conteúdo atrativo, o resultado é revertido em seguidores que se interessam pelo que mostramos e, através disso, vem nos conhecer, se tornando nossos clientes e até amigos”, ressaltou.

A mais nova e recente conquista da Nuit é a abertura da loja na Zona Norte da capital pernambucana, levando a marca a outro patamar, sem, no entanto, esquecer da principal plataforma que levou ao reconhecimento do negócio. “Temos clientes de todo o Brasil que ficaram conhecendo a marca através do Instagram. Começamos tudo na venda online e, em nossa visão, essa é a grande ferramenta que as plataformas digitais nos oferece”, concluiu Sarise.


O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora