ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Tue Sep 17 15:16:45 GMT-03:00 2019
Empreendedorismo
Como definir a quantidade certa de funcionários
Não existe fórmula para calcular o número ideal de funcionários para a empresa, tudo depende do tipo de negócio, da fase em que a empresa se encontra.
Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

Mão de obra

Mão de obra em desacordo com as necessidades

Funcionários a mais ou a menos geram prejuízo. Excesso de funcionários é sinônimo de excesso de custos. A carência de mão-de-obra especializada exige a contratação de extras a um custo mais elevado, e pode prejudicar a qualidade do produto de venda por falta de capacitação.

Ter funcionários a mais ou a menos pode afetar as finanças da empresa de várias formas. Se o trabalho for pouco para o tamanho da equipe, fica caro manter os colaboradores. Se a equipe estiver sobrecarregada, o volume de vendas e até a qualidade dos produtos ou serviços podem ser afetados, ou a empresa pode ter custos altos com horas extras.

A quantidade de profissionais necessários está relacionada ao ramo de atuação da empresa, ao porte do empreendimento e o nível de capacidade de produção que se deseja ter. Por isso, não existe uma regra geral: cada tipo de negócio terá características diferentes.

É importante o empresário definir a carga horária de trabalho por dia do estabelecimento, ou seja, quantas horas o negócio funcionará, para, a partir disso, saber de quantos funcionários precisará e quantas horas eles deverão trabalhar.

Traçando um plano de negócios detalhado antes de a empresa começar a funcionar, acompanhado de uma previsão do volume de operações do empreendimento, para saber o número de funcionários necessários para manter essa atividade.

Como exemplo citamos uma padaria pequena que está começando agora: ela precisará de, no mínimo, dois funcionários, sendo, pelo menos, um padeiro. No entanto, existem outras funções a serem preenchidas: o mais recomendado é ter um padeiro, um operador de equipamento, um ajudante e, pelos menos, duas pessoas para trabalhar no atendimento. Mas como o normal é uma padaria funcionar o dia inteiro, e um funcionário trabalha em média apenas 8 horas por dia, esse número talvez precise aumentar.

Redução de gastos com funcionários

Alguns optam por contratar funcionários com menos experiência, para poderem pagar salários menores, porém, nem sempre essa é uma boa decisão estratégica pois, quanto antes o empreendedor profissionalizar sua empresa mais chance terá de crescer. Depender de um só funcionário júnior, o empreendimento corre o risco de ser percebido pelos clientes como não profissional.

Não existe fórmula para calcular o número ideal de funcionários para a empresa, tudo depende do tipo de negócio, da fase em que a empresa se encontra. Analise seu empreendimento, quantas horas ele funcionará por dia para definir a quantidade de pessoal. Capacite seus colaboradores e torne sua empresa profissional.

 

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Amapá - Sebrae, apoia aos pequenos negócios. Então, confira em nosso Portal outros assuntos que vão ajudar seu negócio a crescer ainda mais.


Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Converse online com o Sebrae

Tire suas dúvidas em tempo real e receba dicas sobre os seus negócios
diretamente dos nossos especialistas em pequenas e microempresas.
Um serviço gratuito para você.

Converse agora