ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Thu Apr 23 11:26:07 GMT-03:00 2020
Finanças
Governo anuncia linha de crédito para folha de pagamento
Uma linha de crédito emergencial para pequenas e médias empresas vai financiar salários pelo período de dois meses, limitado até 2 salários mínimos.

Atendendo ao apelo dos empresários, o governo federal anunciou nesta sexta-feira (27 de março) uma linha de crédito emergencial para financiar a folha de pagamento de pequenas empresas pelo período de dois meses, limitadaté 2 salários mínimos. A previsão é que sejam beneficiadas pela medida 1,4 milhão de pequenas e médias empresas do país, num total de 2,2 milhões de pessoas. 

Quem terá direito e como será operacionalizado?

A medida inclui as Pequenas Empresas com faturamento anual a partir de R$ 360 mil e será feita através de contrato específico entre as empresas e as instituições financeira. 

Segundo o Presidente do Banco Central: 

O dinheiro vai direto para a folha de pagamento. A empresa fecha o contrato com o banco, mas o dinheiro vai direto para o funcionárioA empresa fica só com a dívida. Em aproximadamente uma ou duas semanas as instituições financeiras já terão condições de fazer a operação.

 

Todos os funcionários da empresa serão contemplados?

O funcionário da empresa que recebe salário de até dois salários mínimos continuará a ter o mesmo rendimento. Entretanto, para os funcionários que ganham acima de dois salários, o financiamento ficará limitado a dois salários mínimos. No caso de um funcionário que ganhe, por exemplo, R$ 5 mil por mês, vai ficar a critério da empresa complementar o valor acima de dois salários mínimos.

 

Fique ligado: 

  • financiamento estará disponível para empresas com faturamento entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões por ano; 

  • O dinheiro será exclusivo para folha de pagamento; 

  • A empresa terá 6 meses de carência e 36 meses para pagar o empréstimo; 

  • Os juros serão de 3,75% ao ano. 

  • As empresas que contratarem essa linha de crédito não poderão demitir funcionários pelo período de dois meses. 

 

Equipe da Unidade de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae Nacional.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora